terça-feira, 29 de novembro de 2011

"Dá ouvidos às minhas palavras", assim diz o Senhor ( salmos 5 )

Graça e Paz amados, medite comigo neste Salmo.

Salmos 5
1 Dá ouvidos às minhas palavras, ó SENHOR, atende à minha meditação.
2 Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois a ti orarei.
3 Pela manhã ouvirás a minha voz, ó SENHOR; pela manhã apresentarei a ti a minha oração, e vigiarei.
4 Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal.
5 Os loucos não pararão à tua vista; odeias a todos os que praticam a maldade.
6 Destruirás aqueles que falam a mentira; o SENHOR aborrecerá o homem sanguinário e fraudulento.
7 Porém eu entrarei em tua casa pela grandeza da tua benignidade; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo.
8 SENHOR, guia-me na tua justiça, por causa dos meus inimigos; endireita diante de mim o teu caminho.
9 Porque não há retidão na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua.
10 Declara-os culpados, ó Deus; caiam por seus próprios conselhos; lança-os fora por causa da multidão de suas transgressões, pois se rebelaram contra ti.
11 Porém alegrem-se todos os que confiam em ti; exultem eternamente, porquanto tu os defendes; e em ti se gloriem os que amam o teu nome.
12 Pois tu, SENHOR, abençoarás ao justo; circundá-lo-ás da tua benevolência como de um escudo.

                                                                              *                                                                                      

Quantas vezes nos vemos injustiçados por tantas pessoas, o salmista Davi suplica a Deus que ele ouça a oração que ele faz, pedindo que Deus faça justiça a ele por conta de tantos aborrecimentos sofridos por pessoas, ele espera e no Senhor, nas ações que vem do céu, e não faz justiça com as suas mãos, mas acima de tudo ele confia no Senhor e espera uma providência dEle.
E ainda diz mais:  ( v 9 ) “Porque não há retidão na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua.”. Depois o salmista diz:
 (v 10) “10 Declara-os culpados, ó Deus; caiam por seus próprios conselhos; “

É fácil encontramos alguém que nos dêem por tolos por confiar em um Deus que aparentemente não se vê, não se ouve, é muito mais fácil acredita no que se pode tocar, enxergar fisicamente;  mas quando passamos a confiar nele, e crer na sua palavra é que começamos a ver as coisas em nossa vida sendo movidas sem ao menos fazermos “nada”, é assim que os justos vencem, é assim que os que confiam no Senhor são exaltados hoje e sempre, e é pela fé que levamos dentro de nós que milagres acontecem quando menos esperamos.
Deus exalta o justo  e abate o ímpio,  ele sabe o momento certo de agir, ele controla o tempo e o espaço, ele faz ele para por sua causa, ele dá vida e tira vida só por você.

Por isso, não suje sua boca, não suje sua mão com aquele que te maltratar, entregue ao Senhor assim como fez Davi, as providências quem toma é Ele, CONFIE e você vera justiça.

Nenhum comentário: